Você está aqui: Página Inicial Programa de Cuidados em Saúde
Encontre aqui médicos, hospitais, laboratórios, dentistas e outras especialidadesencontre_1 Acesse os credenciados do MPTAcesse os credenciados do MPMAcesse os credenciados do MPFAcesse os credenciados do MPDFT

alto-custo.jpg

Banner faça parte do Plan-assiste

Aviso de credenciamento

 

Programa de Cuidados em Saúde

     As mudanças na área da  saúde, nos últimos anos, permitiram o aumento na expectativa de vida, a diminuição da mortalidade infantil e o sucesso nos esforços da saúde pública no combate às doenças infecciosas. Com essas doenças, ditas agudas, sob controle, começa-se a notar o aumento na prevalência de doenças crônicas. É por isso que existe uma preocupação mundial em criar formas de conviver com as doenças crônicas.

    Diferentemente das doenças agudas, as crônicas demandam uma atenção contínua, com avaliações periódicas de saúde. Enquanto os sinais e sintomas das doenças agudas desaparecem num curto espaço de tempo, não precisando de um acompanhamento prolongado, os sinais e sintomas das crônicas perduram por anos. Portanto, pacientes crônicos necessitam de cuidados médicos, com ênfase na prevenção. Monitorar adequadamente esses pacientes pode prevenir o agravamento da doença e evitar ou retardar a ocorrência de complicações, tendo sempre em mente a qualidade de vida do paciente, assim como o seu contexto psicossocial.

   Para realizar o gerenciamento desses pacientes com risco de descompensação do estado de saúde, o Plan-Assiste irá contar com a parceria da MedAlliance, uma empresa especialista em telemedicina com diversos produtos e serviços voltados para promoção e educação em saúde. O acompanhamento dos pacientes será realizado por equipe multiprofissional, por meio de visitas domiciliares e central de atendimento 24 horas para dirimir dúvidas e fornecer orientações, sob supervisão do Plan-Assiste.

       O Plan-Assiste fará uma pré-seleção dos candidatos elegíveis para o projeto-piloto e a empresa MedAlliace fará o mapeamento e classificação desses beneficiários, em quatro níveis de assistência:

 

Nível I
        a) Serviço integrado de gerenciamento do cuidado a pacientes crônicos de alto risco que demandam acompanhamento domiciliar. Direcionado aos pacientes em tratamento que requer serviços clínicos intensivos e/ou apresentam sintomas com alta gravidade. Necessitam monitoramento frequente.
        b) Compõem a assistência: visita domiciliar de enfermeiro e médico, alternados mensalmente, além de telemonitoramento e relacionamento eletrônico.

 

Nível II
        a) Serviço integrado de gerenciamento do cuidado a pacientes crônicos de alto risco que demandam acompanhamento domiciliar. Direcionado aos pacientes em tratamento que requer serviços clínicos intensivos e/ou apresentam sintomas com alta gravidade. Necessitam monitoramento frequente.
        b) Compõem a assistência: visita domiciliar de enfermeiro com periodicidade mensal, além do telemonitoramento e relacionamento eletrônico.

 

Nível III
        a) Serviço integrado de gerenciamento do cuidado a pacientes crônicos de médio risco. Direcionado aos pacientes em tratamento que apresentam sintomas moderados com fatores de risco em estágio médio/avançado. Necessitam monitoramento moderado.
        b) Compõem a assistência: visita domiciliar de enfermeiro com periodicidade trimestral, além do telemonitoramento e relacionamento eletrônico.

 

Nível IV
        a) Serviço integrado de gerenciamento do cuidado a pacientes crônicos de baixo risco. Direcionado aos pacientes que apresentam poucos sintomas.
        b) Compõem a assistência: visita domiciliar de enfermeiro com periodicidade quadrimestral, além do telemonitoramento e relacionamento eletrônico.
 

Além disso, o Projeto vai oferecer os seguintes serviços ao beneficiário:

  • Visita domiciliar por médico e enfermeiro. A periodicidade das visitas será definida pelo plano terapêutico de cada paciente;
  • Visita de nutricionista, fisioterapeuta, psicólogo, terapeuta ocupacional e fonoaudiólogo, de acordo com  a necessidade de cada paciente;
  • Plantão telefônico (24 horas) para orientação de enfermagem aos pacientes e seus familiares, bem como o monitoramento ativo dos pacientes;

Com isso, esperamos uma melhoria na  qualidade de vida dos pacientes assistidos, redução nos custos com consultas, exames e internações desnecessárias. Além do controle do estado de saúde dos pacientes, reduzindo o risco de descompensação.
 

Para mais informações, ligue para o Setor de Assistência Social do Plan-Assiste/MPF (3212-8607 ou 3212-8608).
 

Ações do documento
Ferramentas Pessoais